segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Biografia do arquitecto Cassiano Branco

Arquitecto Cassiano Branco

Cassiano Viriato Branco nasceu em Lisboa, a 13 de Agosto de 1897, junto aos Restauradores na freguesia de São José, bem perto do local para onde projectou o Éden Teatro (1931), a sua sua obra de referência. Era filho único de Cassiano José Branco (pequeno industrial de Alcácer do Sal) e de Maria de Assunção Viriato.

Praça dos Restauradores (à direita o Éden Cine-Teatro). Foto de António Passaporte, 1956, Arquivo Municipal de Lisboa 
Cine-Teatro Éden, 1931. Foto, estúdio Mário Novais. Biblioteca de Arte Fundação Calouste Gulbenkian. O filme "Fátima, Terra de Fé" de Jorge Brum do Canto, estreou em Junho de 1943.
Baixo-relevo sobre a fachada principal do Cine-Teatro Éden, 1931 - IGESPAR
Escadaria interior do Cine-Teatro Éden, 1931

Cine-Teatro Eden, Lisboa. Propostas de alçados. Escadaria interior.
 
 O Cinema Éden, foi sujeito a diversas alterações da autoria de diferentes arquitectos, acabando por ser adaptado a novas finalidades.

Cassiano Viriato Branco é uma das referências fundamentais da arquitectura modernista em Portugal. Cassiano não se limitou a projectar na capital, construiu por todo o país e o Coliseu do Porto é uma das provas. Embora insubmisso perante o Estado Novo, projectou o Portugal dos Pequenitos, em Coimbra. Conhecido pelo seu temperamento difícil, quando em desacordo, abandonava obras e projectos.
Cassiano casou com Maria Elisa Soares Branco, em Lisboa, 1917. Dois anos depois concluiu os exames do curso geral de Desenho, e entrou na Escola Nacional de Belas-Artes de Lisboa, onde obteve a licenciatura em Arquitectura, em 1926, com 29 anos. Conheceu os maiores nomes da sua área profissional, Pardal Monteiro, Cristino da Silva, Jorge Segurado, Carlos Ramos entre outros. 

 Moradias na Avenida António José de Almeida, números 8, 10, 12, 14 e 16, Lisboa. Década de 30
Moradias na Avenida António José de Almeida, números 14 e 16 (construção, 1933), Lisboa. No número 14 resta apenas a fachada principal de Cassiano Branco.

Edifício da Câmara Municipal de Sertã - Erigido em 1934, segundo projecto do conceituado arquitecto Cassiano Branco, após um incêndio no interior do edifício da Câmara Municipal.
Antigo Hotel Victória. Na actualidade departamento do P.C.P. Foto: Estúdio Horácio Novais, Biblioteca de Arte Fundação Calouste Gulbenkian (ano desconhecido).
 Antigo Hotel Victória, 1934. Na actualidade departamento do PCP. Avenida da Liberdade, 168, Lisboa

Antigo Hotel Victória, 1934. Na actualidade departamento do PCP. Avenida da Liberdade, 168, Lisboa
 Antigo Hotel Victória, 1934. Na actualidade departamento do PCP. Avenida da Liberdade, 168, Lisboa
Antigo Hotel Victória, 1934. Na actualidade departamento do PCP. Avenida da Liberdade, 168, Lisboa. Foto, Lisboa S.O.S.
Antes de terminar o curso, Cassiano viajou pela Bélgica, Holanda, Paris e Londres. Estas viagens foram determinantes na forma como via a arquitectura no espaço urbano. “Enquadrou a sua arquitectura na nossa atmosfera, no nosso ambiente, na nossa cultura, na nossa relação com o espaço e, inclusivamente, na nossa relação com o território. Hoje, poucos o fazem”, refere Gonçalo Ribeiro Telles, arquitecto paisagista. O seu temperamento difícil, provocou desentendimentos com os proprietários do Éden Teatro e a obra foi terminada por outro arquitecto. Apesar disto, o projecto incluiu grande parte da sua proposta, tornando-se na sua obra de referência e numa das grandes obras de arquitectura moderna portuguesa.

Edifício de habitação, 1935. Rua António Pedro, 25, Lisboa
Edifício de habitação, 1936. Avenida Álvares Cabral, 46, Lisboa

Edifício de habitação, 1937. Avenida Defensores de Chaves, nº 27, Lisboa
Coliseu do Porto, com projecto, em estilo Art Déco, dos arquitectos Cassiano Branco e Júlio Brito,1939. Rua Passos Manuel, Porto - IGESPAR
Coliseu do Porto, com projecto, em estilo Art Déco, dos arquitectos Cassiano Branco e Júlio Brito,1939. Rua Passos Manuel, Porto.
Grande Hotel do Luso, teve início em 1938 e foi inaugurado em 27 de Julho de 1940.
Instituto da Vinha e do Vinho, 1941. Rua Mouzinho da Silveira, 5, Lisboa
A Art déco acompanhou-o durante grande parte da sua obra. Esteve presente num bairro de moradias de luxo, construídas em Lisboa, na Avenida António José de Almeida. Na década de 40, Cassiano e outros arquitectos da sua geração - como Cristino da Silva e Pardal Monteiro - projectaram prédios de baixo rendimento na zona do Areeiro. É também desta época o projecto “Portugal dos Pequenitos”, em Coimbra. Planeado por Bissaya Barreto, foi desenhado por Cassiano Branco. Inaugurado em 1949, ano da Exposição do Mundo Português, tornou-se uma das últimas demonstrações do Estado Novo.

Hotel Britânia (antigo Hotel Império) 1943. Rua Rodrigues Sampaio,17, Lisboa O Hotel foi restaurado em 1997, e em 2003 acrescentou-se um piso de cobertura recuado. Foto, Lisboa S.O.S.
Hotel Britânia (antigo Hotel Império) 1943. Rua Rodrigues Sampaio,17, Lisboa O Hotel foi restaurado em 1997, e em 2003 acrescentou-se um piso de cobertura recuado. Foto, Lisboa S.O.S.
Hotel Britânia (antigo Hotel Império) 1943. Rua Rodrigues Sampaio,17, Lisboa O Hotel foi restaurado em 1997, e em 2003 acrescentou-se um piso de cobertura recuado. Foto, Lisboa S.O.S.
Hotel Britânia (antigo Hotel Império) 1943. Rua Rodrigues Sampaio,17, Lisboa O Hotel foi restaurado em 1997, e em 2003 foi acrescentado um piso de cobertura recuado. Foto, Lisboa S.O.S.

Hotel Britânia (antigo Hotel Império) 1943. Rua Rodrigues Sampaio,17, Lisboa O Hotel foi restaurado em 1997, e em 2003 foi acrescentado um piso de cobertura recuado. Foto, Lisboa S.O.S.

Hotel Britânia (antigo Hotel Império) 1943. Rua Rodrigues Sampaio,17, Lisboa O Hotel foi restaurado em 1997, e em 2003 foi acrescentado um piso de cobertura recuado. Foto, Lisboa S.O.S.
Cinema Império, 1947. Alameda D. Afonso Henriques, Lisboa. Foto de Armando Serôdio, 1963, Arquivo Municipal

São dele o Café Império e o Hotel Britânia, também em Lisboa, a esplanada do Café Palladium, no Porto, e o estudo urbanístico para a Costa da Caparica.
Em 1958, apoiou a candidatura do general Humberto Delgado à Presidência da República, tendo então sido detido pela PIDE.
Morreu em 24 de Abril de 1970, com 72 anos.

Café Império,1947 (recentemente remodelado).  Avenida Almirante Reis, 205, Lisboa 

Prédio de habitação, 1943, Avenida António Augusto de Aguiar, nº 25. Foto 1946. Arquivo Municipal de Lisboa
  Edifício de habitação, 1948. Avenida  Fontes Pereira de Melo, 25, Lisboa
Edifício de habitação, 1951. Praça de Londres,3, Lisboa.

Edifício de habitação, 1951, Avenida de Roma, nº 54, Lisboa
 

Fontes: 
http://www.rtp.pt/programa/tv/p12897 
http://www.infopedia.pt/$cassiano-branco 
http://tv0.rtp.pt/gdesport/?article=598&visual=3&topic=1
http://fotos.sapo.pt/cassiano/perfil

4 comentários:

  1. Adorei o Hotel Vitória, o Hotel Britânia, lindíssimo, o design de luz destaca a sua beleza e as Moradias na Avenida António José de Almeida. As portas de Cassiano Branco também são uma perdição. Um bom dia !!!!

    ResponderEliminar
  2. gostei, não! adorei! deve mostrar mais uma arquitetura dessas ,até da-me vontade de faze-la
    parabens lisboa

    ResponderEliminar