quinta-feira, 7 de junho de 2012

Biografia de Charles Mackintosh

Charles Rennie Mackintosh, 1868-1928

Dia 7 de Junho (aqui)


Charles Rennie Mackintosh (Glasgow, 7 de Junho de 1868 — Londres, 10 de Dezembro de 1928) foi um arquitecto e designer escocês, que se baseou na tradição escocesa, juntando elementos de inspiração japonesa e de Art Nouveau.

House for an Art Lover ( “ Haus eines Kunstfreundes”  ou "Casa para um Amante de Arte" ),  projecto a que foi  atribuído  um prémio especial - 1901
Mackintosh foi principiante de arquitectura na John Hutchinson, em Glasgow. Na Escola de Arte de Glasgow, frequentava aulas de desenho e pintura à noite. Com uma bolsa de estudo foi para Itália em 1891, e regressou via Paris, Bruxelas, Antuérpia e Londres. Mackintosh com Herbert MacNair, Francis Macdonald e Margaret Macdonald, formaram “The Four”, mais tarde ”SpooK School”, expuseram conjuntamente pela primeira vez em 1894, depois em 1896 na “Arts & Crafts Exhibition Society" em Londres, e em 1900 na "VIII Exhibits Secession" em Viena, com muito sucesso. 
Nesse ano, Mackintosh casou com Margaret Macdonald - com quem colaborou em muitos dos seus projectos decorativos – e mudou-se para 120 Mains Street, Glasgow. 
 House for an Art Lover, vista frontal do Sudeste, Bellahouston Park, Glasgow, 1989-1996
 Salão de Música, aguarela, 1901 (Art Noveau)
Salão de Música, House for an Art Lover ,Bellahouston Park, Glasgow,1989-1996
Na competição da "House for an Art Lover" ("Casa para um Amante de Arte") organizada por Alexander Koch em 1901, recebeu um prémio especial. Expôs na "International Exhibition of Modern Decorative Art" em Turim (1902), e uma das cadeiras que expôs foi comprada por Koloman Moser. Neste mesmo ano Fritz Wändorfer, encomendou-lhe um desenho para um salão de música. Mackintosh  projectou vários edifícios públicos e residências privadas em Glasgow e nos arredores, no virar do século, incluindo a sua obra-prima, a Escola de Arte de Glasgow (1869-1909).

Escola de Arte de Glasgow: Elevação Norte  (Elevação para Renfrew Street) n.º 9, 1907. Lápis, tinta e aguada sobre linho - Hunterian Art Gallery


Escola de Arte de Glasgow, 1896-1909
Escola de Arte de Glasgow, 1896-1909
Design de estante, para a sala das senhoras, aguarela e lápis sobre papel. Escola de Arte de Glasgow 1910 - Hunterian Art Gallery
Alguns dos seus projectos, como a "Hill House" (1902-1903), incluíam equipamento e mobiliário específico para cada local. Entre os seus interiores mais importantes estão as salas de chá de Glasgow, que ele decorou para Catherine Cranston. As famosas cadeiras Mackintosh, com espaldar alto de forma elíptica, decoraram as salas de chá de Argyle Street (1898) e Willow Street, (1903). 
Os interiores brancos de Mackintosh exerceram uma profunda influência nos designs subsequentes de Josef Maria Olbrich e Josef Hoffmann. Mudou-se para 6 Florentine Terrace em 1906, e nove anos depois, deixou Glasgow para viver em Londres, onde desenhou padrões para têxteis, rítmicos e saturados de cor, para a Foxton e a Sefton, que eram precursores da Art Deco. Foi para Port Vendres, França, em 1923 e dedicou-se inteiramente à pintura e aguarela. Regressa a Londres em 1927. Mackintosh foi o principal designer da Glasgow School e tanto o seu inicial estilo orgânico como o posterior estilo geométrico, exerceram enorme influência na Secessão de Viena e na Wiener Werkstätte. Faleceu em Londres vítima de doença oncológica em 1928.

Cadeira, 'Rose Boudoir'. Exposição Internacional de Arte Decorativa Moderna, Turim, 1902. Madeira de carvalho, pintado branco, com escantilhão de tela em volta e estofamento de assento de seda moderna - Hunterian Art Gallery
Estudo para a parede oeste da escadaria e do vestíbulo dos "Salões de chá Willow", Glasgow. Lápis e aguarela 
Design para mesa e cadeiras da sala de luxo dos "Salões de chá Willow", Glasgow 1903. Lápis e aguarela sobre papel - Hunterian Art Gallery
Cadeira com espaldar alto para sala de luxo dos "Salões de chá Willow", Glasgow 1903. Madeira de carvalho, pintura prateada - Hunterian Art Gallery
Design para cadeira oval de espaldar alto e mesas, para a sala de jantar e salas de chá da senhora Cranston, Argyle Street, Glasgow 1898-9. Lápis e aguarela sobre papel - Hunterian Art Gallery
Cadeira oval de espaldar alto, para a sala de almoço e salas de chá da senhora Cranston, Argyle Street, Glasgow 1898-9. Carvalho manchado de escuro com estofamento de crina - Hunterian Art Gallery
The Hill House, Helensburgh
The Hill House, lápis, caneta e aguada sobre papel. Março de 1902, Helensburgh - Hunterian Art Gallery
Design para um poltrona, tinta, lápis, caneta e aguarela sobre papel. The Hill House, Helensburgh 1905 - Hunterian Art Gallery 

Mesa Quadrada, para a sala de estar. Madeira de carvalho, pintada de branco - 120 Mains Street, Glasgow, 1900 - Hunterian Art Gallery

Mesa de arquivo, para sala de estar. Madeira de carvalho, pintado branco, com painéis de cobre prateados batidos. Os painéis mostram figuras femininas estilizadas que representam antigos e novos estilos de escrita. O móvel tem portas laterais que dão acesso a prateleiras para armazenamento de documentos e desenhos - 120 Mains Street, Glasgow, 1900 - Hunterian Art Gallery
Móvel para escrita. Madeira de mogno e pereira, marfim, metal, vidro e incrustações de madrepérola - 120 Mains Street, Glasgow, ou 6 Florentine Terrace (78 Southpark Avenue),1904-5 - Hunterian Art Gallery
Móvel para escrita, pormenor
Estante para sala de estar. Madeira de carvalho, pintado de branco, com inserções pintadas de verde e portas de vidro com chumbo - 120 Mains Street, Glasgow: 1900 - Hunterian Art Gallery
Espelho Cavalo, para o quarto. Madeira de carvalho, pintado de branco, com vidro inlays prateados  e alças de latão - 120 Mains Street, Glasgow, 1900.  - Hunterian Art Gallery
78 Derngate, Northampton: design para a tela da escada no hall, 1916. Lápis e aguarela sobre papel - Hunterian Art Gallery

Cadeira para quarto de hóspedes. Madeira de carvalho com decoração de pedras azuis e pretas - 78 Derngate, Northampton, 1919 - Hunterian Art Gallery

Sem comentários:

Enviar um comentário